cirurgia do maxilar inferior

Cirurgia do maxilar inferior: quando fazer

Muitas pessoas que estão insatisfeitas com o formato de seu rosto ou possuem problemas com a mordida, respiração ou posicionamento dos dentes podem recorrer à cirurgia do maxilar inferior para corrigir a situação. O primeiro passo é realizar a avaliação com um especialista na área que vai indicar o melhor tratamento para cada caso.

A cirurgia tem como objetivo a correção das imperfeições da face e do engrenamento dos dentes, relacionadas aos posicionamentos inadequados dos maxilares. O objetivo é um face harmônica com melhora da estética e função. Pacientes que apresentam: sorriso gengival, prognatismo - maxila e/ ou mandíbula muito desenvolvidas -, retrognatismo (maxila e/ou mandíbula muito recuadas, com pouco crescimento), ou casos mais severos em que a face um lado possui um crescimento diferente do outro podem recorrer à cirurgia do maxilar inferior.

Como ocorre a intervenção

A cirurgia do maxilar inferior funciona com o ortodontista corrigindo a posição dos dentes nas bases ósseas e depois o reposicionamento através de cortes ósseos que são fixados com placas e parafusos. O procedimento é todo realizado dentro da boca, sem cicatrizes visíveis.

O paciente que se submeter ao procedimento deverá ficar um período de 30 dias com restrição a alimentos mais consistentes. A dieta será líquida/pastosa e a mudança para alimentos mais consistentes é gradativa. Outra recomendação importante dos especialistas é o repouso por duas semanas. Para quem se submete à cirurgia do maxilar inferior alguns riscos que podem acontecer são:

  • Complicações inerentes a qualquer procedimento cirúrgico-anestésico como infecções, sangramentos;
  • reações a medicamentos;
  • algumas específicas ao procedimento como formigamentos na face, inchaço;
  • dificuldade de abrir a boca;
  • obstrução nasal que são transitórios.

Escolha da clínica e dos profissionais envolvidos

Para a pessoa que tem a recomendação de realizar este tipo de intervenção o primeiro passo é procurar uma clínica ou hospital especializado na realização da cirurgia do maxilar inferior. O paciente também deve verificar a biografia do cirurgião bem como do anestesista, para certificar-se de estar realizando a cirurgia com uma equipe de total confiança. Outros fatores como a localização e infraestrutura podem ser diferenciais no que diz respeito ao custo final.


Regiões onde a Consulta Ideal atende cirurgia do maxilar inferior:



cirurgia do maxilar inferior
cirurgia do maxilar inferior